Todo o sistema viário brasileiro no Google Earth

Ferrovias do Brasil

Ferrovias do Brasil

Dica de jornalismo de dados. Baixei os dados do sistema viário brasileiro a partir do site do Ministério dos Transportes [link quebrado]. Descomprimi num diretório e acessei os dados. Existem diretórios para dados aeroviários, aquaviários, dutoviários, ferroviários, multimodais e rodoviários. O que interessa, neste caso, são os arquivos de shapes, um formato de arquivo para traçados geográficos. Com o programa ogr2ogr, pude facilmente converter os shapes para formato KMZ do Google Earth. Este programa está no pacote gdal-bin, disponível nos repositórios de diversas distribuições Linux. Com o aplicativo QGIS também é possível se fazer esta conversão, importando o SHP e exportando em formato KMZ.

Ferrovias

Todo mundo gosta de trens, mas é triste o estado do transporte ferroviário brasileiro. Para ver nossa lamentável situação, entro no shell Linux no diretório e converto os dados de eixos rodoviários com as linhas de comandos:

export OGR_FORCE_ASCII=NO
ogr2ogr -f "KML" -t_srs EPSG:4326 eixoferroviarios.kml EixoFerroviario.shp

As ferrovias são convertidas sem nomes no arquivo KML. Então, uso a procura e troca do notepad++ (programa para Windows, mas que eu rodo no Linux através do Wine) para gerar os nomes. Procurei pela expressão regular:

<Placemark>(\n.*?\n.*?\n.*?.*?FERROVIA">)(.*)</SimpleData>

e troquei por:

<Placemark>\n\t<name>\2</name>\1\2</SimpleData>

Quer dizer: peguei o nome da ferrovia e inseri um campo de nome no arquivo KML. Isto gera o KML com os nomes dos trechos ferroviários.

No Windows ou no Linux, o KML também pode ser feito no QGIS, software livre para dados geográficos. Carrego o shapefile SHP como camada vetorial, codificação de acentos CP1250, e exporto como KML.

Sobre José Antonio Meira da Rocha

Jornalista, professor de Planejamento Gráfico e Mídias Digitais da Universidade Federal de Santa Maria, campus da cidade de Frederico Westphalen, Rio Grande do Sul, Brasil. Doutorando em Design na UFRGS, Porto Alegre, Brasil, 2014.